Você sabe o que é a tosse?


A tosse é o resultado de um processo irritante e um reflexo protetor do sistema respiratório. Este é um processo benéfico para evitar que bactérias, secreções, alimentos ou objetos estranhos entrem no trato respiratório.


Existem dois tipos de tosse: tosse seca e produtiva. O que diferem uma da outra é a presença ou ausência de muco. Na tosse produtiva, as secreções se movem e são eliminadas; na seca, esse escarro parece não estar presente.


Geralmente a tosse indica uma condição comum como resfriados ou gripe, mas em alguns outros casos, a tosse pode ser um sinal de um problema de saúde mais sério - ainda mais quando a tosse é excessiva e acompanhada de grande quantidade de secreção.


Causas e sintomas acompanhantes da tosse


Os sintomas relacionados podem ajudar a descobrir a causa. Em caso de sintomas, consulte um de nossos médicos. Nossa equipe de profissionais é de alta qualidade e está pronto para melhor lhe atender.

Os sintomas são:


• Coriza (secreção nasal); • Sensação de escorrimento no fundo da garganta; • Chiado no peito ao respirar; • Falta de ar; • Gosto amargo na boca ou queimação no estômago.


Fumar é o um dos principais motivos, pois aumenta a quantidade de muco gerada pelos brônquios, e isso provoca irritação, tanto física quanto química, das membranas mucosas, além de destruir os cílios que cobrem o revestimento brônquico e promover o acúmulo de corpos estranhos nas vias aéreas.


Outros tipos de causas importantes e até comuns, são as alérgicas ou associadas a algum tipo de condição, como a sinusite, asma, bronquite e infecções respiratórias.

Diagnóstico e tratamento


Alguns exames podem ajudar a compreender a origem e gravidade do quadro, além de uma análise clinica completa com um profissional especialista. Mas um fator que deve ser analisado com atenção é o tipo de mucosa.


Quando a mucosa é mais “aguada”, clara ou transparente, costuma estar associada a uma gripe, resfriado, alergias ou até pelo fumo. Quando a mucosa é mais densa e com tons amarelados ou esverdeados, pode indicar um quadro de sinusite, bronquite ou até pneumonia. Em casos mais avançados a mucosa pode ter tons marrons ou avermelhados, que significa a presença de sangue, indicando um quadro mais agravado como pneumonia aguda, tuberculose ou até câncer no pulmão.


O sucesso do tratamento depende diretamente de o diagnóstico ter sido feito e a causa totalmente determinada.


Com o Mais Saúde você conta com segurança para sua saúde, tendo acesso a profissionais altamente qualificados, nas melhores clínicas da sua região. Clique aqui e nossa equipe lhe explicará melhor como funcionamos.



244 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®