TOC: você é refém da sua mente?


A mente da pessoa com TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) trava em medos, ideias, imagens e pensamentos irracionais que causam desconforto, ansiedade e angústia ao paciente.

Por temer que essas ideias se tornem realidade, a pessoa tem compulsões para aliviar a ansiedade gerada pelos pensamentos intrusivos. Por exemplo: um paciente que teme pegar uma bactéria, se limpa constantemente, seja lavando as mãos ou tomando banho por horas.


Subtipos do TOC

De maneira geral, o TOC é subdivido em dois tipos:


• Quando tem mais ideias obsessivas: as imagens, ideias e pensamentos surgem de repente no paciente e, diferente de uma preocupação, são absurdos. Em alguns momentos, a pessoa com TOC reconhece isso, mas, ainda assim, luta contra esses “medos” usando de atos e/ou rituais específicos;


• Quando praticam mais ações compulsivas: esse paciente tem mais comportamentos ou atos mentais repetitivos, que podem ser ou respostas às ideias obsessivas ou maneiras de cumprir regras no intuito de afastar a possibilidade de tal pensamento ocorra.

Sintomas

Os sintomas do Transtorno Obsessivo Compulsivo se resumem a:

• Compulsões (respostas aos pensamentos intrusivos) que duram mais de 1 hora, causam sofrimento e, consequentemente, prejuízo à vida social ou profissional da pessoa;

• Não conseguir controlar seus pensamentos ou comportamentos, ainda que reconheça ser excessivos;

• Não sentir prazer ao cumprir os rituais, mas sim um breve alívio da ansiedade gerada;

• Preocupação excessiva com limpeza e higiene pessoal;

• Dificuldade para pronunciar palavras específicas;

• Indecisão frente a situações simples por medo de fazer a escolha errada que possa causar um acidente ou fatalidade;

• Pensamentos agressivos relacionados à morte, acidentes ou doenças.


O TOC tem cura?

Dependendo da situação do paciente, o TOC não tem cura, apenas tratamento para significativa melhora. Ou seja, o paciente aprende a conviver com seus pensamentos e sofre menos com a ansiedade.


A terapia cognitivo-comportamental é uma das abordagens feitas para tratar o transtorno. Basicamente, o paciente é exposto a situação que gera desconforto e ansiedade e trata as reações desencadeadas.

Além disso, há o tratamento medicamentoso, que são inibidores da reabsorção de serotonina (IRSs) e os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) que ajudam a reduzir os sintomas do TOC.


Resumo

TOC é um um transtorno psiquiátrico de ansiedade que gera pensamentos intrusivos e, para alívio da ansiedade, as compulsões.

Pensamentos intrusivos são as obsessões, ou seja, ideias e imagens que invadem a cabeça do paciente com TOC. Podem ser de ordem religiosa, de limpeza ou organização e até mesmo de violência.

Compulsões são atos mentais ou rituais que aliviam brevemente a angústia e ansiedade gerados pelas obsessões.

O TOC tem tratamento e pode ser por meio de abordagens terapêuticas e/ou medicamentosas.


Com o Mais Saúde você tem acesso a profissionais da psicologia e psiquiatria, que poderão lhe ajudar a tratar esta condição. Clique aqui para saber mais.

234 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®