Jejum intermitente: entenda mais sobre essa dieta



A prática do jejum já está presente a muito tempo na vida do ser humano. Desde a era paleolítica onde o ser humano caçava para se alimentar e, por isso, não tinha acesso facilitado a comida.

Existem diversos tipos de dietas hoje em dia, umas mais e outras menos recomendadas de acordo com cada caso. Uma que vem ganhando cada vez mais adeptos é o jejum intermitente.

Essa é uma técnica que visa o emagrecimento através de jejum intercalado, onde a pessoa tem um certo período de tempo para comer, e o restante apenas ingerindo líquidos sem calorias. O tempo indicado para o jejum é de 10 a 20 horas por dia.


A base dessa dieta se concentra no uso do estoque de gordura corporal como fonte de energia, fazendo com que a mesma seja queimada para gerar a energia necessária para o corpo durante o jejum.



Tipos de jejum

Existem 3 tipos diferentes de fazer o jejum no sistema intermitente. A diferença entre eles está no período de tempo do jejum em si. As 3 formas são:


• Jejum de 12 horas: nele a pessoa fica 12 horas e jejum (incluindo as horas de sono) e as outras 12 horas pode se alimentar de maneira equilibrada. • Sistema Leangains: neste modo a pessoa tem 16 horas de jejum e as outras 8 horas para fazer até 3 alimentações. • Modo Come-Para: neste jejum a pessoa mantém uma alimentação livre durante a semana, porém escolhe até dois dias dela para ficar em jejum por 24h completas.


Esses modelos de dieta a base de jejum podem trazer benefícios além do emagrecimento, como mais disposição física e mental, controle de glicemia e insulina. Mas se feita sem acompanhamento podem causar dificuldades de concentração, fraqueza, desnutrição e até compulsão.

Existem outros tipos de protocolos e podem ser adaptados para o caso de cada pessoa. Para isso é necessário consultar com um profissional nutricionista para que ele encontre o tratamento ideal para sua dieta.


No Mais Saúde você pode consultar com os melhores médicos nutricionista da sua região. Clique aqui para ter acesso.

63 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®