• Mais Saúde

Grupos de risco, entenda a situação dos mais ameaçados do Coronavírus



A COVID-19 vem se alastrando cada vez mais pelo mundo, e todas as pessoas são suscetíveis a contrair esta doença. Mas existem alguns grupos que correm ainda mais riscos com essa pandemia.


Nesse artigo iremos falar um pouco mais sobre os grupos de risco e da condição dessas pessoas durante esse momento que o mundo está passando.

Quem são esses grupos?


Nesse momento de pandemia, todo cuidado é pouco, e para algumas pessoas os cuidados devem ser redobrados.



Essas pessoas, denominadas como “grupo de risco”, são compostas por idosos/pessoas acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos.


Dentre esses citados, os idosos teriam maiores possibilidades e gravidades nas complicações, pelo fato do enfraquecimento e das alterações naturais que ocorrem.


Outros grupos que podem correr riscos


Apesar de serem menos abordados, outras condições podem colocar diversas pessoas em estado de alerta na luta contra o coronavírus. Problemas como asma, doenças renais e obesidade podem influenciar no aumento de risco.


Para os casos de complicações pulmonárias, o problema é claro. A doença pode agravar seriamente os órgãos respiratórios, provocando excesso de secreções e aumentando ainda mais a dificuldade ao respirar.


Para casos como doenças renais, responsáveis por filtrar o sangue, as lesões provocadas nos rins resultam em complicações que podem levar a infecções.

Como o grupo de risco pode evitar o vírus


• Manter o isolamento social mais rigoso; • Lavar as mãos com maior frequência; • Evite contato com qualquer pessoa que tenham qualquer sintoma;


Além de tudo isso, uma alimentação equilibrada, prática de exercícios esse manter hidratado são essenciais para fortalecimento do sistema imunológico. E acima de tudo, redobrar os cuidados com a proteção e higiene.

126 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®