Fofocar faz bem para a saúde


Provavelmente, em algum momento da sua vida, você já fez ou ouviu uma fofoca. Sabe aquela fofoquinha aleatória, inocente e principalmente quando fala de alguém positivamente? Então, ela faz bem pra sua saúde.


Pesquisadores e cientistas da Universidade de Staffordshire, no Reino Unido, comprovaram que a fofoca tem efeito positivo sobre a rotina e saúde das pessoas. E, apesar de soar estranho, isso tem uma explicação fundada em pesquisas, análises e estudos.



Manter segredos, por exemplo, não causam apenas um tipo de sofrimento e tensão emocional, mas também reflexos físicos. Os pesquisadores descobriram que esse efeito é semelhante a carregar peso em excesso por muito tempo, e pode, aos poucos, destruir a energia do corpo.


Segundo os cientistas, os segredos e “notícias surpresas” ocupam seu cérebro e, conforme a pessoa pensa muito sobre eles, maior a chance de sua energia, dos recursos intelectuais e motivacionais da pessoa se esgotarem.

O estudo


O estudo foi divido em duas partes. Na primeira, 140 voluntários foram convidados a dizer coisas boas ou ruins a respeito de uma pessoa fictícia. Na segunda parte, mais 160 participantes responderam a questões falando sobre a rotina, se faziam fofoca com frequência, como estavam suas autoestimas e como era a relação com seus colegas.


Resultados: Depois de comentar sobre a vida de pessoas sem intenção maldosa, as emoções positivas das pessoas no estudo aumentaram 3%, a autoestima aumentou 5% e o nível de emoções negativas diminuíram em 6%.


Esses números não são muito grandes, mas esta é a primeira vez que a fofoca é comprovada como benéfica e atribuída a coisas boas - as pessoas ficam mais felizes quando falam sobre outras pessoas, principalmente quando feito de forma positiva.

Mas e a fofoca negativa?


O estudo afirma que mesmo este tipo de fofoca tem os seus benefícios, por exemplo: seja bem ou mal, a fofoca faz com que as pessoas se sintam mais próximas e unidas, aumentando assim o sentimento de “apoio” ou “pertencimento social”.


Além disso, a fofoca num geral gera sensação de alívio, como se um peso estivesse saindo das costas da pessoa, principalmente se vier gerando uma mobilização positiva. Como por exemplo, ajudar terceiros ou avisá-los de algum “perigo”, ou até como forma de desabafo.


Claro, uma fofoca negativa, falando mal sobre alguém, não é algo legal de se fazer, e com certeza não fará ninguém se sentir melhor em relação a si mesmo como uma “fofoca boa” pode fazer. Porém, em questões sociáveis, ela pode fazer as pessoas se sentirem menos solitárias.



75 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®