• Mais Saúde

Estalar os dedos: faz mal ou não?



Estalar os dedos é um costume muito comum nas pessoas, como um tipo de ritual ou mania. Juntamente com sua sensação satisfatória, vem o barulho “assustador” e “não natural” do estalo.


Este hábito é constantemente abordado, sendo alvo de muitas críticas, mas acima de tudo de cercado de dúvidas. Alguns dizem que eventualmente, não causa problemas, mas quando se torna um hábito proposital, pode trazer complicações.


Mas afinal, o estalar é algo saudável para a integridade dos dedos?


O estalar em si


O estalo de dedos em si consiste no líquido sinoval, um tipo de líquido lubrificante que reside entre as articulações dos dedos, na função de suavizar o impacto do movimento dos mesmos.


Conforme os dedos vão se movimentando normalmente, o líquido também se movimente, o que acaba gerando pequenas bolhas no mesmo. Quando os dedos são puxados ou pressionados, essas bolhas são estouradas, gerando assim o barulho de estalo.

Estudos

Durante anos foram realizados diversos estudos com várias pessoas diferentes, de todos os tipos, sexo, idade, vidas e rotinas diferentes, mas que tinha o estalar de dedos como hábito em comum.


Essas pesquisas buscavam comprovar se o estalar dos dedos traziam de fato malefícios para as pessoas. Dentre os males supostamente causados, estavam artrite, engrossamento das juntas e desgaste das articulações.


E após todos esses anos e desses diversos estudos, o resultado alcançado foi o mesmo para todos: o estalar de dedos, se feito de maneira suave e eventual, sem força excessiva, não causa mal algum à integridade dos dedos. Mas é importante não tornar isso um hábito compulsivo no dia a dia.

69 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®