• Mais Saúde

Café e seus benefícios


O café é uma bebida tida por muitos como essencial no dia a dia. Ela está diretamente ligada a rotina da maioria das pessoas, que não dispensam uma xicara no começo ou até durando o dia.


A cafeína é uma bebida amplamente utilizada para melhorar o desempenho. Estimulantes amargos aceleram o sistema nervoso central, fazendo com que as pessoas se sintam despertas, ligadas e com mais energia. Mas claro, o ideal é que ele seja consumido de forma moderada.


Os grãos de café são ricos em antioxidantes e outras substâncias que são ativas biologicamente. Essas podem auxiliar o corpo no processo de liberação de energia. Além disso, possui propriedades únicas de minerais, açúcares, aminoácidos e vitaminas do tipo B, que são importantes aliados do nosso metabolismo celular.


Ademais à sensação de bem estar, a cada estudo realizado, a ciência avança na descoberta de novas funções e benefícios trazidos pelo café. Confira abaixo três das principais.

Benefícios


Café faz bem para memória: foi realizado um estudo, na Universidade Johns Hopkins, que chegou a conclusão que duas xícaras de café ajudam muito a memória. O estudo testou, durante 24 horas, a memória 160 voluntários. Neste experimento, os cientistas observaram que as pessoas que tomaram pílulas de cafeína tiveram um desempenho melhor em testes de memória do que as pessoas que tomaram placebo.


Pode salvar vidas no trânsito: o jornal British Medical, publicou um estudo onde cientistas rastrearam 1.047 motoristas. Cada participante guiou um caminhão com peso mínimo de 10 toneladas e dirigiu pelo menos 200 quilômetros. A pesquisa revelou que motoristas que consumiram café regularmente, mostraram 63% menos chances de se envolver em acidentes ou dormirem ao volante, comparado aos que não consumiram o café.


Ajuda a evitar câncer de fígado: de acordo com um estudo da University of Southern California, realizado com 179.890 pessoas, incluindo homens e mulheres, beber café todos os dias pode proteger as pessoas da forma mais básica do câncer de fígado. O acompanhamento desses voluntários durou 18 anos para que o consumo do café e seus efeitos pudessem ser melhor avaliados. As pessoas que consumiam de uma a três xícaras por dia tiveram 29% menos chances de desenvolver câncer do que aquelas que bebiam seis xícaras semanais. As que consumiam quatro xícaras ou mais por dia tiveram uma redução de risco de 42%.



96 visualizações

Instituto Catarinense Mais Saúde ®